Armazenagem, Dicas, Logística Interna, Projeto Logístico,

8 dicas para aumentar a produtividade do seu armazém

Que gestor de armazém nunca sonhou com este fascinante cenário? Ao contrário do que muitos pensam, ele pode sim ser concretizado, mas desde que os responsáveis pelo armazém adotem algumas práticas e tomem certas medidas.

No post de hoje, daremos algumas dicas que o ajudarão a alavancar a produtividade do seu armazém e a melhorar os resultados da sua empresa. Não deixe de conferi-las:

8 dicas para aumentar a produtividade do seu armazém

Aumentar a produtividade do armazém e realizar mais operações logísticas em menos tempo, mas sem expor a equipe a riscos e sem contratar novos colaboradores.

1 – Registre informações em sistemas, não em papéis

O registro manual das informações de cada mercadoria que chega ou sai do armazém leva tempo e reduz a produtividade da equipe. É importante que os gestores adotem um sistema que colete e registre essas informações de maneira automática, para que os colaboradores possam achar rapidamente os dados de cada mercadoria. Esse sistema também evita possíveis erros que um membro da equipe pode cometer ao fazer o registro dos dados.

2 – Use esteiras para levar as mercadorias até os colaboradores

Mesmo em armazéns pequenos, a tarefa de percorrer todo o espaço em busca de uma mercadoria é cansativa e demorada. Para a produtividade do armazém ser aumentada, ele deve contar com tecnologias que transportem as mercadorias até a estação de trabalho dos colaboradores através de esteiras e elevadores. Isto também evita que eles trafeguem constantemente pelo espaço e corram o risco de sofrer algum acidente.

3 – Utilize ferramentas para medir a produtividade da equipe

Para medir a produtividade da equipe e acompanhar os resultados do armazém, os gestores podem utilizar ferramentas específicas para este fim. Ao levantar os dados referentes à produtividade de cada membro da equipe, os responsáveis podem implementar ações que o incentive a aumentar o seu desempenho e que também o faça realizar o seu trabalho da melhor forma possível.

4 – Replaneje e redefina o layout do armazém

O layout do armazém afeta positivamente ou negativamente na produtividade da equipe. Isso porque, dependendo da maneira como o fluxo de movimentações foi definido e as mercadorias foram posicionadas, as máquinas e os colaboradores levarão mais ou menos tempo para realizar as operações. E é justamente por isso que os gestores devem ter muito cuidado ao planejarem e definirem o layout do armazém.

5 – Busque uma forma de entrelaçar as tarefas

Quando um colaborador sai de sua estação de trabalho e entra no armazém para coletar os dados de uma determinada mercadoria e retorna sem realizar nenhuma tarefa no caminho, ele acaba desperdiçando um bom tempo. Esse colaborador poderia aproveitar o percusso de ida e volta para coletar as informações de outras mercadorias que acabaram de chegar no armazém, por exemplo. Esta estratégia é conhecida como entrelaçamento.

6 – Procure saber quando os veículos chegarão no armazém

Saber com antecedência a hora em que os veículos irão chegar no armazém pode ajudar os gestores a prepararem a sua equipe e os maquinários para o carregamento ou descarregamento das cargas. Este conhecimento, que é entregue por meio de sistemas que monitoram a trajetória dos veículos, pode acelerar as operações, evitar incidentes nas áreas de carga e descarga e aumentar a produtividade geral do armazém.

7 – Implemente sistemas para auxiliar no picking e etiquetagem

Outra dica para aumentar a produtividade do armazém é adotar sistemas que facilitem a separação (picking) dos pedidos de vendas através de coletores de dados que trabalhem por rádio frequência, porém  o armazém tem que estar preparado paa este tipo de operação. Estes sistemas, além de evitarem possíveis erros nos processos, ainda impedem que os colaboradores troquem as mercadorias na hora da separação – o que é crucial principalmente se elas tiverem códigos de estoque muito parecidos.

8 – Adote um sistema de gestão de armazéns

A adoção de um bom sistema de gestão (WMS) é fundamental para os gestores controlarem tudo o que acontece no armazém de forma prática, rápida e eficiente. Com esse sistema, eles conseguem gerenciar adequadamente os processos de picking e packing, verificar as informações de cada mercadoria estocada e controlar as movimentações dos colaboradores e maquinários no espaço. Tudo isso através de uma única plataforma permitindo controlar toda a operação através de KPI’s ( indicadores de performance)

Conclusão

Como podemos ver, existem muitas formas de tornar o armazém mais produtivo. Mas algumas dessas dicas podem ser difíceis de serem seguidas, como a implantação de esteiras e elevadores, devido às barreiras de custos. Uma forma de contornar esse problema é terceirizando o armazém para um operador logístico. Este segue todas as dicas listadas anteriormente para alavancar a produtividade e os resultados do seu negócio.

E então, pronto para colocar todas as nossas dicas em prática e alavancar a produtividade do seu armazém? Agora, aproveite para deixar as suas dúvidas nos comentários ou conhecer o nosso serviço de logística interna! Solicite um orçamento sem compromisso. Entre em contato comigo agora 11 95475-6564 ou osmar.vinci@grupoenar.com.br

0

Deixe uma resposta