Quando tratamos da aplicação de KPIs na logística, é comum que as empresas adotem diferentes tipos de indicadores. Isso porque os objetivos de cada companhia são particulares – logo, a forma de se avaliar e medir o desempenho dos respectivos processos também é diferente. Para algumas empresas de logística, os indicadores de tempo são considerados mais estratégicos, enquanto para outras, os custos ou a qualidade são mais relevantes. Para entender um pouco mais sobre a utilização dos KPIs pelas empresas de logística e como eles podem beneficiar o desempenho dessas companhias, continue acompanhando nosso post!

O que são KPIs

Os Indicadores Chave de Desempenho ou KPIs (do inglês, Key Performance Indicator) servem para medir e avaliar o desempenho de processos considerados mais importantes por uma empresa. Por meio desses indicadores, uma companhia pode medir como seus processos são executados e se são hábeis para gerar resultados, de acordo com seus objetivos.

Os KPIs exercem um papel importante no dia a dia das empresas, especialmente considerando as ações dos gestores – que podem ser mais assertivos, direcionando suas equipes para os objetivos maiores da companhia. Além dos processos internos, os KPIs podem ser utilizados para avaliação de processos externos, que incluem parceiros e uma cadeia de suprimentos, por exemplo.

Com o acompanhamento desses indicadores, uma empresa consegue avaliar sua performance em um determinado espaço de tempo e pode também se autoavaliar de acordo com o seu desempenho nesse período.

Tipos de KPIs

Alguns dos KPIs mais utilizados pelas empresas são o “Time to Market”, que mede e avalia o tempo de lançamento de um produto, desde o desenvolvimento do conceito até a disposição para venda; e o “Lead Time”, que mede e avalia a duração de um determinado processo. Outros relevantes são:

  • OTIF: Sigla em inglês de “On time in Full”, ou traduzindo, “no tempo e completo”. Esse KPI é utilizado para a distribuição de produtos e/ou gerenciamento de fornecedores.
  • Stock Out: KPI utilizado para determinar o número de vezes ou dias em que determinado item do estoque chega ao saldo zero.
  • Market Share: Mede a fatia de mercado que um determinado produto atinge em um período.
  • Produtividade Homem/Hora: KPI de produtividade que avalia o número de unidades produzidas por cada funcionário.
  • Ociosidade: KPI que mede o percentual de tempo que uma máquina, equipe ou planta que ficam parados.
  • Giro de Estoque: KPI que avalia o consumo e o saldo médio de estoque.

Esses KPIs, no entanto, não são os únicos. Portanto, nada impede que novos sejam criados de acordo com as necessidades e objetivos de empresa. Atualmente, com uma simples planilha de Excel, é possível estabelecer KPIs específicos, que podem aprimorar a atividade de logística.

Com a alta competitividade de alguns setores – como é o caso da logística -, grandes empresas vêm se empenhando em desenvolver KPIs para cada parte específica do processo de produção, permitindo que a avaliação seja feita com mais objetividade e melhorando ainda mais o desempenho dessas companhias.

Aqui na Apoio Logística temos ferramentas de gestão via web disponibilizadas aos nossos clientes onde podemos customizar os KPIs conforme a necessidade de cada cliente. Venha conferir comigo.

Você utilizou KPIs para mensurar as operações de logística da sua empresa? Tem dúvidas sobre as vantagens do uso dos KPIs? Deixe súas duvidas e comentários abaixo! Quer ter uma análise por indicadores? Entre em contato comigo agora 11 95475-6564 ou osmar.vinci@grupoenar.com.br ou Whatsapp 11 99151-9788.

0

7 Comments

Carlos Barbosa

julho 3, 2017

Bom dia !
Excelente… adorei, a matéria sobre sobre KPIs.
Sou profissional de Logística, com muito interesse em ampliar cada vez mais meus conhecimentos.

Responder

Osmar Vinci Filho

julho 12, 2017

Obrigado Carlos. Sucesso, abraços.

Responder

jose luiz

setembro 23, 2017

Bom dia !![
Muito bom Sou Supervisor de Logística gostaria de trocar informações referente os indicares da área de transportes de cargas transportadora

47 997953695

Responder

Ulisses Fernando Fahl

outubro 2, 2017

Excelente matéria
Também sou fã de fazer gestão por KPI´s.

Abs

Responder

Osmar Vinci Filho

outubro 13, 2017

Obrigado, abraços.

Responder

Fredson

agosto 20, 2018

Parabéns pela matéria, trabalho na área a 7 anos foi uma excelente escolha quando recebi o convite para mudar de área

Responder

Osmar Vinci Filho

novembro 6, 2018

Obrigado Fredson. Abraços

Responder

Leave a Reply