Nos últimos anos, o volume de vendas no setor varejista vem crescendo. E isto, inevitavelmente, está fazendo com que as operações logísticas se tornem cada vez mais complexas e exijam a atenção constante dos gestores envolvidos nos processos de entrega. Mas mesmo em meio à correria, os responsáveis pela cadeia logística precisam garantir a integridade física de todas as mercadorias.

Para isto, eles contam com o acondicionamento. Este é um processo que tem por objetivo preparar a mercadoria para a estocagem, armazenagem e transporte, levando em conta suas características, formas de envio e embalagens mais apropriadas. Tudo isto é analisado para assegurar que a mercadoria chegue às mãos do cliente sem quaisquer danos. A seguir, saiba como funciona o acondicionamento e qual é sua importância para as empresas. Confira:

Os fatores que o acondicionamento leva em conta

O acondicionamento é importante para qualquer empresa que envie produtos a um remetente (cliente), pois assegura a sua integridade no decorrer da cadeia logística. Qualquer descuido no acondicionamento pode pôr em risco a integridade da mercadoria e comprometer todos os processos de estocagem e transporte ocorridos até então. Abaixo, confira alguns fatores que devem ser levados na hora do planejamento do acondicionamento:

Principais características do produto

Antes mesmo do produto ser armazenado ou transportado, os gestores devem analisar as suas principais características, tais como peso, volume e resistência. Assim, eles conseguem estabelecer a melhor estrutura possível para a sua acomodação. Mercadorias frágeis, por exemplo, necessitam de um maior cuidado ao serem manuseadas. Já produtos alimentícios ou  cosméticos entre outros tem normas específicas da Agencia de Vigilância Sanitária (ANVISA) para armazenamento e transporte onde a embalagem tem papel fundamental nestes casos.

Melhores formas de envio

Além das características da mercadoria, outro fator a ser levado em conta é o modo como ela será transportada, assim como o tempo e a distância até o seu destino final. Também devem ser analisadas outras questões, como a vibração do tipo de transporte e, se for caminhão, a situação das estradas a serem percorridas por ele. Produtos perecíveis, por exemplo, podem estragar durante o caminho caso não sejam acondicionados de forma adequada.

Escolha da embalagem mais adequada

Com a análise das melhores formas de envio, pode-se saber qual o tipo de embalagem mais adequado para a mercadoria. Se a embalagem não for a correta, então o produto corre o risco de sofrer algum dano nos processos de armazenamento e, principalmente, no decorrer do transporte. Os gestores precisam ficar atentos a diversos aspectos, como o tamanho da embalagem e o tipo de material no qual ela é feita.

Se a embalagem for pequena demais para a mercadoria, então ela correrá o risco de romper durante o transporte. Por outro lado, se for grande demais, o produto poderá chacoalhar muito, a ponto de ser danificado. Vale lembrar que não só a embalagem deve ser escolhida adequadamente, como também os materiais utilizados para o seu acondicionamento, como os containers, por exemplo.

Os gestores devem dar atenção prioritária ao acondicionamento de produtos líquidos, gordurosos ou com odor muito forte. Mercadorias desse tipo devem ser embaladas em caixas ou papeis especiais, já que o seu vazamento compromete a integridade de itens armazenados junto com elas. Queijos, por exemplo, devem ser embrulhados em um tipo de papel resistente à gordura, armazenados e transportados longe de outras mercadorias.

A importância de um bom acondicionamento para as empresas

Hoje, não é raro encontrarmos relatos de clientes de empresas que receberam suas mercadorias em um péssimo estado. E isto geralmente ocorre porque elas não foram acondicionadas da forma correta. Empresas que não dão a devida importância ao acondicionamento, além de gerarem um grande transtorno aos seus clientes, ainda precisam arcar com as perdas financeiras decorrentes da devolução das mercadorias.

Isto sem contar o fato de que elas perdem competitividade e espaço no mercado ao prestarem um serviço de má qualidade. Daí a importância dos gestores darem muita atenção ao acondicionamento dos produtos de sua empresa, analisando todos os fatores listados acima para garantir que eles cheguem ao destino final em segurança. Toda esta análise pode ser simplificada, caso eles contem com os serviços de um operador logístico especializado.

E sua empresa, tem acondicionado as mercadorias da melhor maneira possível? Todos os fatores mostrados têm sido considerados? Aproveite para deixar suas experiências ou questionamentos nos comentários! 

Respeitar a integridade dos produtos, observar as necessidades que eles exigem no armazenamento e no transporte garantindo uma operação logística sem ocorrências, tem sido o nosso diferencial. Quer saber como? Entre em contato comigo agora 11 95475-6564 ou osmar.vinci@grupoenar.com.br. Abraços.

 

4