Six Sigma, conhecido em português como Seis Sigmas, é um conjunto de práticas definidas para melhorar o desempenho das empresas. Através delas, é possível eliminar os erros e não conformidades de acordo com as especificações de fábrica. Na logística, os objetivos do Seis Sigma são os mesmos: redução de desperdiço e aumento dos lucros.

Como foi criado o Seis Sigma?

Essa metodologia foi desenvolvida em 1987 e teve como criador Bill Smith na empresa Motorola. Ele, enquanto gerente de qualidade, criou e aprimorou o método que hoje é considerado um dos principais parâmetros de Qualidade Total. Esse método foi aprimorado mais tarde na GE por Jack Welch.

O que é?

O principal objetivo dos Seis Sigma é promover aumento de qualidade nas organizações através do foco nos resultados qualitativos e financeiros. O processo inicia com aprimoramentos nos processos de produtos e serviços fornecidos ao consumidor. O ganho final é a satisfação dos clientes através do aumento do desempenho da empresa.

Como é a metodologia de melhoria de processos?

O Design For Six Sigma (DFFS) é baseado em definir, mensurar, analisar, melhorar o processo e controlar, conforme especificado abaixo:

  • Definir (define): é a fase de definição do problema, que é feita através do escopo do projeto e da opinião dos consumidores.
  • Mensurar (measure): mapear e mensurar os processos atuais, coletando dados para entender falhas e para comparar no futuro.
  • Analisar (analyse): analisar os dados coletados e verificar causas que podem estar levando a perdas de performance.
  • Melhorar o processo (improve): padronizar através do desenho de processos desenvolvidos com base nas análises realizadas.
  • Controlar (control): manter controle sobre os resultados dos processos após a implementação do novo desenho. O objetivo desse controle é impedir que novos desvios surjam. Isso também pode ser feito através de indicadores de desempenho.

Quais o benefícios?

  • Ganho de qualidade em processos, produtos e serviços
  • Aumento da integração organizacional
  • Maior retenção de clientes
  • Mudança da cultura organizacional
  • Redução dos custos

Como aplicar na logística?

Na logística, a aplicação do Seis Sigma permite que os processos se tornem mais eficazes e que as perdas sejam diminuídas. É possível criar relacionamentos melhores com parceiros, clientes e fornecedores, pois os fluxos de informação podem ser simplificados. Além disso, o uso do DMAIC (sigla para os termos Define, Measure, Analyse, Improve e Control) auxilia na melhoria contínua dos processo.

Para obter essas melhorias na logística, também pode ser aplicado os softwares Warehouse Management System (WMS) e (Radio Frequency Identification (RFID). Esses sistemas, em conjunto com coletores de dados automatizados, permitem o controle total da movimentação de produtos dentro do armazém, lembrando que na logística ainda podemos aplicar técnicas que também podem auxiliar nos processos de redução de custos e aumento de performance como: Kanban; Kaisen e Gestão por indicadores.

Apesar do investimento necessário para aplicar o Seis Sigma, os ganhos de performance podem ser sentidos logo que essas ferramentas são aplicadas. O processo de melhoria se torna contínuo e todos ganham com isso. Para a aplicação do Seis Sigma na logística, a consultoria externa pode ser uma boa aliada para tornar os processos mais maduros.

Gostou das informações de melhoria no processo de logística? Continue acompanhando nosso blog e aprendendo mais sobre esse tema. Entre em contato comigo agora 11 95475-6564 ou osmar.vinci@grupoenar.com.br

1