Muitos empresários associam a logística somente com a distribuição de mercadorias. Basicamente, os empresários vendem seus produtos, cotam o valor do frete usando alguma ferramenta e despacham para o cliente. É simples, mas não é tudo, uma vez que os processos evoluíram ao longo do tempo, envolvendo atividades administrativas de compra, venda e distribuição, entre outras.

São tarefas que demandam conhecimento para que o cliente não espere demais até receber o produto. Saber o mínimo de logística sobre seus produtos evita problemas dessa e de outras naturezas. Por essa razão, separamos algumas informações que vão ajudar você a entender os processos que envolvem o transporte e a entrega de produtos.

O que é a logística?

Trata-se da área da gestão que atua no provimento de recursos, experiências e equipamentos para a execução das atividades ligadas à entrada e à saída de materiais. Ela é responsável pelo gerenciamento do armazenamento, transporte, da distribuição e das entregas por meio de monitoramentos das operações. Grosso modo, a logística monitora o recebimento e a entrega de produtos na companhia.

O setor opera ligando produtor e consumidor, dinamizando o tempo e o espaço disponíveis para que as mercadorias estejam no local de destino antes do dia e da hora marcada ao menor custo. Uma operação bem elaborada é capaz de trazer bons resultados, caso contrário, pode resultar em críticas dos clientes. Daí a importância de toda companhia em aprimorar seus processos logísticos, a partir de uma estratégia que atenda às necessidades internas e externas.

A importância de entender os processos

Saber quais são os fundamentos e como funcionam as etapas que compõem o processo de logística evita entraves na operação, tais como:

  • Erros e falhas em informações e documentação;
  • Clientes recebendo produtos em atraso;
  • Problemas referentes ao embarque e desembarque, entre outras dificuldades que impactam negativamente na estratégia da empresa;
  • Evita problemas com rotas;
  • Evita dificuldades na gestão de estoques;
  • Reduz desperdícios e danos a mercadorias.
  • Reduz cobranças de impostos por atrasos no recolhimento de guias e documentos.
  • Evita cobranças indevidas e indesejadas.

Conhecer o processo logístico torna o negócio mais rentável e competitivo, reduzindo custos e tornando mais eficiente as entregas no mercado interno e internacional. Desperdícios, atrasos, falhas na entrega e erros nas informações, entre outros, são entraves que diminuem a lucratividade e até podem torná-la inexistente.

Quais informações levantar?

Não é necessário ser um especialista em logística, mas sim ter conhecimento das relações entre a transportadora e os clientes, além de conceitos importantes, dos quais é possível destacar:

  • Fomas e métodos de acomodação de carga fracionada e em volumes nos principais meios de transporte de cargas;
  • Manuseio de mercadorias em estoques, armazéns e terminais;
  • Detalhes técnicos de armazenagem, empilhamento e especifidades dos principais produtos;
  • Cálculos de custos e remuneração das transportadoras;
  • Documentos e emissão de guias;
  • Detalhes financeiros e contábeis relacionados ao armazenamento e movimentação de mercadorias.

O profissional do ramo da logística

O profissional que atua no segmento é responsável pela administração dos recursos e materiais, controlando o estoque e planejando a movimentação entre unidades fabris, armazéns, centros de distribuição, varejo e clientes. Ele se comunica, opera sistemas eletrônicos e está a par das informações referentes à operação e a outros setores da empresa.

Podem até ser muitos itens que necessitam de atenção, porém são imprescindíveis para o sucesso do negócio. Clientes, transportadora e colaboradores são beneficiados e há um maior retorno referente à lucratividade.

Resolvemos a sua dúvida? Deixe-a nos comentários e continue acessando as postagens do blog para entender mais sobre a logística e suas especificidades! Entre em contato comigo agora 11 95475-6564 ou osmar.vinci@grupoenar.com.br

0

7 Comments

Wellington Santana Ferreira das Neves

junho 3, 2017

muito bom osmar vinci filho. Muita gente não sabe ou não endende ou não conhece o qual importante é ter logística em seus processos. Precisamosde uma cadeia logística responsiva que gere valor ao cliente. Parabens pelo seu artigo.

Responder

Wellington Santana Ferreira das Neves

junho 3, 2017

corrigindo: o quão importante

Responder

Osmar Vinci Filho

junho 16, 2017

Obrigado Wellington

Responder

Jorge Souza

junho 3, 2017

Muito boa a explicação e de fácil entendimento. Trabalhei anos nessa função e nunca tinha achado uma forma tão fácil de descorrer as minhas atividades. Parabéns!!

Responder

Osmar Vinci Filho

junho 16, 2017

Obrigado Jorge

Responder

Luis Antonio Andreazza Barbosa

junho 5, 2017

Exitem diversos gargalos no Transporte , um deles e acredito que o mais importante é a falta de informação e interação entre as áreas, o processo Logístico começa com pedido , a entrada de mercadorias ,geralmente existe a não acuracidade de estoque o que gera um efeito cascata dentro das empresas ,pois impossibilita um nível de serviço adequado ao cliente interno e princialmente ao cliente externo ,um estoque falho gera um faturamento inconsistente a contratação de um frete que terá que ser refeito e consequentemente atraso na entrega do material para o cliente final ,gerando muitas e muitas reclamações , no momento em que as empresas derem a devida importância ao processo como um todo o nível de serviço irá melhorar significativamente o custo irá diminuir e ainda é uma maneira de fidelizar o cliente final.

Responder

Osmar Vinci Filho

junho 16, 2017

Obrigado pela contribuição Luis Antonio.

Responder

Leave a Reply