Armazenagem, Logística Interna, Projeto Logístico,

Por que utilizar o coletor de dados no armazém?

Utilizar um coletor de dados no armazém é muito importante, pois diminui a consideravelmente a quantidade de erros humanos e falhas que podem acontecer na correria do cotidiano.

Controlar a produtividade de um armazém logístico não é uma tarefa simples. É preciso manter o olhar atento a tudo que entra, que sai e ainda o que pode retornar para as prateleiras, para que não ocorram erros de contagem e perdas, o que pode resultar na diminuição dos lucros a médio e longo prazo.

Antes da invenção destes equipamentos, tudo era realizado de forma manual, mesmo naqueles armazéns enormes de gigantes atacadistas, tudo era realizado com a ajuda de formulários (relatório de separação), bloco de anotação e muito papel carbono para passar a limpo as informações e manter um controle geral. Tudo era anotado à mão, desde o nome do produto, seu tamanho, data de validade e posição na porta palete ou prateleira. Afinal, não havia códigos de barra ou outra orientação tecnológica para agilizar e facilitar o trabalho.

O resultado disso tudo eram horas de revisão de estoque, funcionários focados somente neste tipo de atividade e uma perda de tempo enorme, principalmente na chegada de lotes grandes de produtos, nas saídas o que muitas vezes resultava em um inventário com grande dificuldade de realização e até um número enorme de divergências para serem analisadas.

Finalmente, em meados dos anos 90, tudo passou a ser diferente com a invenção do código de barras. Era o fim da caneta e do carbono na hora de registrar produtos e controlar as movimentações do estoque. Através de um simples dispositivo, todas as informações detalhadas de cada um dos elementos do armazém podem ficar guardadas de forma segura em computadores e arquivos que deixam todo o trabalho de estocagem muito mais efetivo e prático.

Não é mais preciso perder tempo anotando informações individuais de cada item e passar horas passeando pelo armazém observando o estoque. Basta um coletor de dados para que tudo seja transmitido de forma rápida, facilitando a vida dos funcionários e deixando toda operação mais focada no que realmente importa.

O coletor nem sempre está presente

Por incrível que pareça, esta simples e econômica tecnologia ainda não está presente em todos os armazéns. Muitos empreendedores acreditam que, por possuir um estoque simplificado e baseado em demanda, não precisam investir neste tipo de dispositivo.

O que é um erro enorme e uma perda de dinheiro bastante expressiva. Duvida? Imagine quanto tempo cada um de seus funcionários do setor de logística gasta para anotar e controlar tudo sem o uso de um coletor de dados.

Ao final de cada mês são horas de trabalho desperdiçadas em uma atividade simples, que não traz resultados positivos, não garante inovação e ainda pode estar repleta de erros. Os erros podem ser simples, como por exemplo, a colocação de um produto em uma prateleira errada, como também podem ser muito graves, como a entrega de lotes vencidos ou fora de padrão para clientes importantes.

O coletor de dados acaba com estes problemas, já que basta um toque para que o sistema registre se o produto é mesmo o que deveria, há quanto tempo está armazenado, se já está reservado para outro cliente ou por algum motivo qualquer não pode mais ser vendido.

Os inventários ficam ainda mais simples, facilitando a contagem e garantindo menos perdas e compras desnecessárias para a empresa. Ou seja, apostar em um coletor de dados pode ser a forma ideal de economizar, diminuir os custos do departamento de logística e controlar o estoque com segurança.

Além disso, é possível contratar menos pessoas ou deixá-las atuando em áreas mais importantes do setor, focando na inovação constante e na busca de melhorias que garantam uma logística cada vez mais eficiente e produtiva.

Use a tecnologia a seu favor

Podemos dizer, portanto, que investir em tecnologia é conseguir melhores resultados a curto, médio e longo prazo. Implantar esta tecnologia muitas vezes requer investimento e tempo de implantação o que muitas vezes acaba inviabilizando este projeto. Atualmente é possível encontrar no mercado operadores logísticos que possuem esta tecnologia totalmente implantada e testada.

Por isso, na hora de escolher um operador logístico para cuidar de seus produtos, não se apresse e contrate a primeira a primeira opção que lhe for oferecida. busque um operador logístico que tenha esta tecnologia implantada, aliada à sistemas integrados e que possibilitem uma gestão muito mais eficiente e assertiva na logística. Apoio Logística (Grupo Enar) pode oferecer uma ótima tecnologia em coletores de dados, garantindo que será possível conquistar realmente uma logística mais eficiente e processos mais simplificados.

Nosso objetivo é garantir ainda mais produtividade para seu negócio. Teremos muito prazer em mostrar como isso será possível, usando a melhor tecnologia e contando com vários anos de expertise no segmento. Quer conferir como isto funciona na prática? Entre em contato comigo agora no telefone (11) 95475-6465 ou pelo e-mail osmar.vinci@grupoenar.com

0

4 Comentários

José David Júnior Nunes

agosto 15, 2017

Osmar seu blog é sensacional! Parabéns!

Responder

Osmar Vinci Filho

agosto 29, 2017

José David, muito obrigado pela sua contribuição. Um abraço.

Responder

Diego Franco de Santana

fevereiro 14, 2018

Parabéns pela postagem e sucesso sempre, meu amigo!!!

Responder

Osmar Vinci Filho

fevereiro 14, 2018

obrigado, um abraço.

Responder

Deixe uma resposta