Logística Interna, Projeto Logístico,

Projeto logístico, conceito ou definição?

No mercado atual, a busca contínua por competitividade tem exigido das empresas decisões rápidas e precisas em relação aos seus negócios. Mas, na maioria das vezes, ter apenas uma infraestrutura adequada, uma boa estratégia de marketing e ofertar ao público produtos que atendam às suas necessidades nem sempre tornam a empresa líder no mercado em que atua.

Para desenvolver diferenciais competitivos, ela também precisa oferecer ao seu cliente produtos de qualidade e de baixo custo, que devem ser entregues rapidamente e em perfeitas condições. Neste sentido, um projeto logístico vem a ser uma estratégia primordial para que toda a cadeia de suprimentos envolvida neste processo se torne eficiente, de maneira a satisfazer os desejos do cliente final.

A implementação de um projeto logístico é fundamental para qualquer empresa que queira sustentar sua continuidade do mercado, já que ele é capaz de identificar as oportunidades de otimização dos processos, reduzir custos das atividades e promover a maximinação dos resultados. A seguir, veja a importância do planejamento logístico e como ele pode trazer benefícios para o seu negócio:

Projeto logístico: a chave para o sucesso

Imagine a seguinte situação: um consumidor adquire um produto, com a expectativa de tê-lo rapidamente e em perfeitas condições. Mas a empresa que realizou a venda não possui uma logística adequada, correndo o risco de o produto chegar ao cliente final fora do prazo estipulado e com possíveis avarias ou até mesmo a possibilidade de ser entregue algo que não foi pedido. Tudo isso causaria não apenas a devolução da mercadoria, mas também a insatisfação do consumidor.

Quando mal realizada, a logística também pode anular campanhas de marketing que demandaram altos investimentos e causar a perda da carteira de clientes para outras organizações concorrentes, gerando prejuízos imensuráveis. Todas estas possibilidades são reais e, infelizmente, fazem parte do cotidiano de muitas empresas que não planejam suas operações logísticas para prestar um bom serviço e atender seu público de forma adequada.

O projeto logístico abrange desde o centro de distribuição da empresa até suas estruturas físicas de armazenagem e de frota de veículos, a fim de implantar estratégias de curto, médio e longo prazo para otimizar processos de recebimento, armazenagem, separação e distribuição de mercadorias. Dessa forma, a empresa passa a entregar seus produtos na quantidade, lugar e momento certos, evitando o desperdício de tempo, recursos financeiros e perda de credibilidade perante os consumidores e mercado.

Os diferentes níveis de planejamento

Os processos logísticos de uma organização devem estar diretamente associados à sua estratégia corporativa e objetivos financeiros. Basicamente, a visão e definição do planejamento devem abordar os níveis de planejamento estratégico, tático e operacional, respondendo aos questionamentos: como, quando e o quê. A grande diferença entre eles está relacionada ao horizonte de tempo para o planejamento:

Estratégico

O nível estratégico envolve o planejamento dos aspectos globais que envolvem a organização como uma totalidade. A essência do planejamento estratégico reside em verificar se a unidade controlada está ou não alcançando os resultados desejados, e serve para padronizar a qualidade de produtos oferecidos pela empresa, dirigir o desempenho dos funcionários e implantar ações para que a empresa atinja seus objetivos. Ele é feito no longo prazo, podendo durar anos. Mas, devido às mudanças do mercado, é importante realizar uma revisão constante de suas estratégias.

Tático

O planejamento tático define como deve ser a utilização dos recursos disponíveis para otimizar o atendimento ao cliente com o menor custo possível. Sua dimensão de tempo é o médio prazo, inferior a um ano. Ele também deve prever as mudanças ocorridas no ambiente corporativo, como aumento da demanda ou fornecimento, para melhor responder a elas.

Operacional

O planejamento operacional trata da execução das tarefas e operações desempenhadas pelo pessoal não administrativo da empresa, gerando planos realistas de inventário e movimentação de produtos e definindo soluções para variações que afetem as operações realizadas no dia a dia, tais como pedidos cancelados e quebra de equipamentos. Este planejamento é feito no curto prazo, já que seu principal objetivo é avaliar e controlar o desempenho das tarefas e operações a cada momento.

Conclusão

Como visto, a chave para a otimização do desempenho e dos custos de um centro de distribuição é o projeto logístico, que envolve a escolha de um objetivo, a avaliação de alternativo caso aconteça uma situação inesperada e a definição de um caminho ao qual se desejar chegar. Com novos processos e estações de trabalho eficiente, a empresa consegue entregar produtos com alto valor agregado com mais precisão e num menor tempo.

Sua empresa já conta com um projeto logístico para otimizar suas operações? Entre em contato comigo agora 11 95475-6564 ou osmar.vinci@grupoenar.com.br

1

1 Comentário

Como mapear e analisar o seu fluxo logístico? | Portal Painel Logístico

outubro 31, 2017

[…] Se a sua operadora é a Apoio Logística, você está em boas mãos. A competência da Apoio é comprovada no planejamento e execução de projetos de logística. […]

Responder

Deixe uma resposta