Armazenagem, Logística Interna, Projeto Logístico,

Seu armazém anda desorganizado? Saiba como o Kaizen ajuda na melhoria da cadeia logística

Um centro de distribuição, também conhecido pelos gestores como ‘CD’, é uma unidade produtiva construída por uma empresa para armazenar os produtos comprados para revenda, recebidos para serem entregues ou fabricados por ela. Em outras palavras, podemos dizer que é um grande armazém muito bagunçado, onde as organizações guardam centenas (ou milhares) de produtos que chegarão aos clientes finais. No entanto, esta clássica definição está prestes a ser reformulada – pelo menos no que diz respeito ao adjetivo “bagunçado”.

Empresas com estruturas produtivas complexas, que necessitam de transporte de materiais entre processos ou que buscam o nivelamento da sua capacidade produtiva, devem seguir as práticas indicadas pela logística interna. Caso contrário, poderão sofrer com processos dessincronizados, que podem gerar falhas e causar prejuízos inimagináveis de tempo e de dinheiro. Quando executada de maneira correta, a logística interna pode acarretar grandes benefícios para a uma empresa.

Ela não somente garante a redução dos estoques e um aproveitamento melhor da mão de obra, como também diminui drasticamente o número de recursos e ferramentas necessárias para a execução das atividades de transporte – que não agregam valor nenhum aos olhos do cliente. Diante da nova realidade do mercado, somente com o planejamento da logística interna as empresas conseguirão atingir a perfeição no que diz respeito à organização do seu estoque, o que lhes garante vantagens competitivas no mercado.

Para te ajudar no tema, vamos falar sobre o Kaizen – um modelo que traz resultados reais na organização da logística da sua empresa.

Kaizen: como sua implementação ajuda a melhoria da cadeia logística

Graças ao Modelo Kaizen, a logística interna – atividade complexa e crucial que pode ditar o sucesso de qualquer empresa no mercado – está sendo completamente revolucionada. Nos dias de hoje, assim como nos próximos anos, ela promete ajudar as companhias a aumentarem sua produtividade e garantirem a disponibilidade de materiais no momento e na quantidade certas. A seguir, veja como a implementação do Modelo Kaizen pode ajudar a sua empresa a melhorar a gestão da cadeia de suprimentos e alcançar a tão desejada competitividade.

O Modelo Kaizen aplicado à Logística Interna

Nos dias de hoje, a implementação do Modelo Kaizen (desenvolvido pelo Instituto Kaizen, que trabalha a nível mundial criando projetos logísticos inovadores) é imprescindível para aquelas empresas que desejam reduzir custos, aumentar a produtividade dos seus colaboradores e melhorar o nível de serviço prestado ao cliente com o menor custo possível.

Isso porque ele se baseia na ideia de aumentar a frequência de reposição de materiais, mas utilizando a menor quantidade de recursos possível para cada atividade, o que possibilita a redução de estoques em toda a operação. O Modelo Kaizen também tem como objetivo utilizar a mão de obra de forma mais inteligente, visando transformar os operadores logísticos em membros das células produtivas para torná-los cada vez mais produtivos.

De acordo com o próprio Instituto, com a aplicação do Modelo Kaizen na logística interna, a companhia passa a contar com uma eficiência de 80% a 95% em seus processos, bem maior que a do modelo tradicional de logística, de 30% a 50%. Isso só é possível graças à adoção do modelo, que simplifica as atividades e proporciona uma drástica transformação cultural, gerando resultados imediatos ao nível da rapidez, custo e qualidade dos serviços prestados.

O cenário nas grandes companhias

Quanto mais a empresa valoriza a logística interna e coloca em prática todos os seus conceitos, mais ela conseguirá atender as demandas do mercado e terá chances de atingir o sucesso. Esta afirmação pode até parecer um pouco exagerada para alguns gestores, mas as grandes companhias já perceberam que ela faz sentido, principalmente nos dias anteriores ao Black Friday e nos meses que antecedem as festas natalinas.

Nestes períodos do ano, que são mais corridos tanto para o mercado varejista quanto para o atacadista, manter o controle do estoque não é uma opção, mas sim uma obrigação. Nas maiores empresas do mundo, chegam a ser encomendados cerca de quatro milhões de pedidos. Logo, atentar-se a logística interna para aumentar a produtividade e a flexibilidade para atender às demandas do mercado é essencial.

E você, o que faz para organizar o seu estoque? Já planeja a logística interna para melhorar a gestão da cadeia de suprimentos? Peça uma análise gratuita de sua logística. Entre em contato comigo agora 11 95475-6564 ou osmar.vinci@grupoenar.com.br

 

0