Armazenagem, Dicas, Projeto Logístico,

Veja como a tecnologia digital irá te ajudar nas operações logísticas.

Na era da tecnologia digital, a informação, as plataformas de gestão e os aplicativos para smartphones, especialmente voltados para o setor logístico, garantem resposta rápida para problemas logísticos e informações mais precisas durante toda a operação.
Com a tecnologia digital é impossível fugir do uso de softwares em nosso dia a dia. Acordar pela manhã com o despertador do celular e verificar previsões do tempo, conferir notícias enquanto toma um café da manhã, já é uma realidade. No trânsito, o GPS moderno, e os aplicativos de celular orientam e facilitam nossa vida para chegar ao trabalho. Na empresa, o uso de plataformas operacionais para gestão de informações facilita e orienta as tarefas. Ao final do dia, até a decisão de atividades de entretenimento e lazer são diversas vezes, definidas por troca de mensagens e informações via web.
Essa imersão diária no mundo digital impulsiona empresas de todos os segmentos a se adaptarem e oferecer o máximo de dados e informações, muitas vezes, com acompanhamento em tempo real, para que parceiros e clientes possam tomar decisões mais rápidas, mudando as estratégias de mercado e administrar melhor o tempo.

Como fica na logística?

No setor logístico, essas adaptações são determinantes para o sucesso ou fracasso dos negócios. Operadores logísticos fazem uso de diversos sistemas de gestão TMS (módulo de gerenciamento de carga) ou WMS (gerenciamento de armazenagem e distribuição de carga).
Esses dois principais sistemas já trazem diversas vantagens em uma operação logística como:

  • Otimização de recursos (condutores, ajudantes e caminhões);
  • Acompanhamento em tempo real da operação;
  • Rápido gerenciamento de informações;
  • Aumento da rentabilidade, rapidez nas respostas e qualidade no serviço.

A era da tecnologia digital não possui muros e avança de diversas formas no setor logístico. O exemplo mais recente é o uso de smartphones nas operações.
Com milhões aparelhos móveis ativos no país, a integração entre gestão de informação e smartphones demorou acontecer, mas já tem se tornado um “facilitador” para motoristas nas estradas e controladores nos centros de distribuição, e claro, pode até ser usado pelo proprietário da carga.

Como a tecnologia digital trouxe mais segurança

Os novos apps permitem acesso às informações de trânsito, pontos críticos de carga e descarga, e trazem dados específicos dos materiais transportados, consumo de combustível, além de uma série de outros dados pertinentes a categoria.
Com a troca de informações ágeis, os novos apps também dão ao motorista mais segurança para o negócio, aumenta produtividade durante o serviço.
Há ainda empresas que desenvolvem produtos (softwares/hardwares) de monitoramento e manutenção de veículos, visando diminuir custos logísticos, otimização de frota, monitoramento do estado dos pneus, avaliação de comportamentos de riscos – direção em alta velocidade, troca brusca de pistas, desvio de trajeto, parada em locais não cadastrados. Tudo isto fornece informações para as empresas de gerenciamento de risco e seguro de cargas terem uma melhor visão e informações que possibilitem decisões rápidas como um contato com o motorista ou até o bloqueio do veículo a distância.
Esses serviços mais segmentados são destinados às empresas de grande e pequeno porte que desejam controlar melhor o comportamento da frota (veículo/motorista), diminuir os riscos de roubos.
Essa tecnologia também pode cobrir veículos pequenos, como carros e vans, o que permite inclusive, controlar remotamente a trajetória e até limitar a velocidade do trajeto. Além de ser cotada inclusive, para ser usada a favor de vans escolares, pois o objetivo é garantir segurança dos motoristas e passageiros.

A tecnologia digital reduz custo de frete.

Outra tecnologia voltada ao setor logístico é a plataforma online que auxilia empresas de pequeno porte a encontrar espaços disponíveis para transportar a carga, Ela permite a conexão entre transportadores, trades e agentes de carga, já que anualmente milhares de contêineres são transportados com espaços vazios, pois nem sempre é possível agrupar cargas para compartilhar. O objetivo dessa plataforma é diminuir o tempo de espera para compartilhamento de carga que hoje pode chegar a semanas.
Algumas plataformas permitem a oferta de carga, pelo modal rodoviário, para um determinado destino, colocando desta forma o dono do caminhão e o responsável pelo embarque da carga, tudo com o objetivo de conseguir um melhor custo de frete e quem ganha com isto é o cliente.

A tecnologia digital aumenta as vendas

A tecnologia digital facilita na otimização do veículo através de sistemas que ajudam a determinar a melhor forma de carregamento diminuindo os espaços ociosos. A tecnologia digital facilita também a roteirização das entregas contribuindo sensivelmente na melhoria da performance da distribuição.

Deseja acrescentar mais alguma informação? Então, deixe o seu comentário! Quer conferir como isto funciona na prática? Entre em contato comigo agora no telefone (11) 95475-6465 ou pelo e-mail osmar.vinci@grupoenar.com.br

0

Deixe uma resposta